PREFEITURA QUER MELHORA NO FORNECIMENTO DE ÁGUA EM CONJUNTOS DE BARCARENA


PREFEITURA QUER MELHORA NO FORNECIMENTO DE ÁGUA EM CONJUNTOS DE BARCARENA
PREFEITURA QUER MELHORA NO FORNECIMENTO DE ÁGUA EM CONJUNTOS DE BARCARENA

A Prefeitura de Barcarena, por meio da Agência Reguladora de Serviços Públicos (Arsep), solicitou que a empresa Águas de São Francisco, concessionária responsável pela distribuição de água no município, faça estudos para garantir a continuidade e a qualidade da água fornecida em três Conjuntos Habitacionais do município. A partir desse levantamento, pelo menos 2.700 pessoas passarão a ter acesso a água tratada e de qualidade em Barcarena. 

Atualmente, os residenciais Zita Cunha, São Francisco e São José dos Santos Dias, em Barcarena-Sede, possuem sistemas próprios de distribuição de água, sem nenhum tipo de tratamento, o que deixa vulnerável às contaminações e possíveis problemas na saúde da população. Também são recorrentes os problemas de interrupção do abastecimento de água nos residenciais.

Foram realizadas análises de acidez, ferro, turbidez, alumínio, manganês, nitrato, cor e coliformes fecais e totais. O pH, que mede a acidez, indicou a quantidade 4 nos condomínios. Porém, para o consumo humano o ideal é que a acidez esteja entre 6 e 9. Neste caso, é preciso fazer a correção, elevando o pH. 

Além disso, o ferro também apresentou alteração no Conjunto Zita Cunha. Essa substância química é essencial para o ser humano. Mas se consumido em excesso se torna mais perigoso que o colesterol para o coração. A percepção visual da água também é uma evidência negativa com a presença do ferro. Com a água amarelada roupas brancas alteram cor, panelas escurecem, entre outras consequências.

De acordo com a concessionária Águas de São Francisco, a partir da solicitação da Prefeitura de Barcarena, a intenção é sempre fornecer água potável à população. “Essa é a nossa missão. E quando a gente fala de água potável, estamos falando de saúde e de qualidade de vida”, comentou o coordenador da unidade, Fernando Teles. 

Encontros com a comunidade - A concessionária realizou encontros nos meses de novembro e dezembro de 2018 com o objetivo de se aproximar da população das três comunidades, entender as demandas e explicar como será o plano de ação para atender os residenciais.