PREFEITURA ORIENTA SOBRE O TRABALHO INFANTIL


PREFEITURA ORIENTA SOBRE O TRABALHO INFANTIL
PREFEITURA ORIENTA SOBRE O TRABALHO INFANTIL

Um grupo de servidores da Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo (Seicomtur) e da Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel) de Barcarena participou de uma oficina sobre a campanha de enfrentamento ao trabalho infantil, nesta quarta-feira (13), na Vila dos Cabanos. A capacitação ocorreu na Seicomtur.

A coordenadora municipal do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil, Emanuela Braga, informou que o objetivo da capacitação foi mostrar aos participantes como é possível identificar situações de risco que envolvam crianças e adolescentes em ambientes de trabalho. “É importante entender o que é o trabalho infantil”, disse ela.

A oficina faz parte da agenda de mobilização da campanha do 12 de Junho, o dia de luta contra a exploração do trabalho infanto-juvenil. As orientações foram baseadas na legislação brasileira que garante o direito de crianças e adolescentes, com foco nos aspectos ligados à área da Saúde e da Educação. Ontem, o assunto foi tema de debate na Câmara Municipal.

A divulgação das ações contra a exploração do trabalho infantil está sendo feita em setores estratégicos do município para grupos que lidam com direta ou indiretamente com o segmento infanto-juvenil. A Semjel, por exemplo, desenvolve o projeto Construindo o Jogo, que pode ser um bom canal de divulgação das ações em favor de crianças e adolescentes.

As ações alusivas ao 12 de Junho vão continuar até o final do mês. Para esta quinta-feira (14), está programada uma oficina com os aplicadores dos questionários às famílias sobre o diagnóstico de TI, às 8h, no auditório da Secretaria de Assistência Social. Confira abaixo o restante da programação que terminará em 30 de unho.

PROGRAMAÇÃO

15/06, às 8h30, na Semagri: Oficina com os Coordenadores das feiras e mercados municipais sobre a identificação de TI nos serviços.

20/06, 9h às 12h, no Cras São Francisco: Arraial integrado dos idosos

20/06, 8h30, no auditório da Semas: Diálogo com os produtores rurais, fornecedores do PAA, sobre o TI e as atividades perigosas

21/06, às 10h, Cras Zita Cunha, no barracão da comunidade São José (Ilha Trambioca): Arraiá "Não arraste o pé dos seus direitos"

21/06, ás 16h, Cras Arapari, no Ginásio da escola Arapari: Arraiá "Não arraste o pé dos seus direitos"

21/06, a partir de 8h, Cras São Francisco, na comunidade Vila Nova: com Ação Comunitária

24/06, na praia: Blitz social

29/06, às 8h, Cras São Francisco, no Cras: Arraiá "Não arraste o pé dos seus direitos"

29/06, manhã e tarde, na Casa do Idosos: Arraiá "Não arraste o pé dos seus direitos"