SÁBADO TRANQUILO E SEM AGLOMERAÇÕES NA PRAIA DO CARIPI


SÁBADO TRANQUILO E SEM AGLOMERAÇÕES NA PRAIA DO CARIPI
SÁBADO TRANQUILO E SEM AGLOMERAÇÕES NA PRAIA DO CARIPI

O primeiro sábado de julho deu praia tranquila no Caripi, um dos balneários mais procurados por banhistas na temporada do veraneio. A prefeitura de Barcarena escalou equipes para fiscalizar a área e bloquear o acesso a partir das 17h. No prazo estabelecido, a praia foi fechada para carros e pedestres. A ação conjunta com órgãos de segurança teve o objetivo de evitar aglomerações, o que ocorreu.

Nenhum ônibus de piquenique foi autorizado a entrar município. Por isso, o movimento na praia mais frequentada de Barcarena seguiu o que determina a decreto municipal de controle do coronavirus, que tem como objetivo garantir a saúde das pessoas. O agente de portaria Elton Viana veio de Belém passar o final de semana no Caripi junto com os filhos. "Tava com vontade de tomar banho", disse ele, que não frequentava praia há três meses, por causa da pandemia da covid-19.

Na barreira do Caripi, os banhistas foram alertados sobre o uso de máscaras. Os agentes do Demutram também orientaram que não era permitido o excesso de pessoas nos carros. O transporte coletivo também teve que se adequar às normas. Foi proibido passageiros em pé nos veículos. Quem não obedecesse a norma poderia ser penalizado com multas. 

Não fosse a pandemia do novo coronavírus, o movimento no Caripi poderia ter sido mais intenso. Os 14 militares do Corpo de Bombeiros de plantão na praia, hoje, não registram nenhuma ocorrência. O dia ensolarado foi marcado pela tranquilidade na areia e nos restaurantes e bares que abriram as portas. Neste domingo, o número de banhistas deve ser maior. Mas a fiscalização também.